Bem-vindo(a) ao Biolab Studio! Este é um portal de conhecimento médico-científico, desenvolvido pela Biolab Farmacêutica, com um rico acervo de materiais voltados para profissionais da saúde prescritores.
Você é nosso convidado para se cadastrar e acessar os conteúdos.
Menu

Baixa ou alta? Pressão arterial é assunto sério.

14 x 9. Quando estes dois números aparecem, é alerta para a hipertensão arterial, a popular pressão alta – ela considerada normal até 12 x 8  . Segundo o Ministério da Saúde, a hipertensão é uma doença crônica que atinge mais de 38 milhões de brasileiros. 

Mas, você sabe como a pressão arterial funciona no seu corpo?

Ela é responsável por manter o sangue circulando no organismo. Esse processo inicia-se com o batimento do coração. A cada batida, ele impulsiona o sangue pelas artérias. As paredes arteriais são elásticas, esticando-se e relaxando com o intuito de manter o sangue circulando por todo o corpo nos níveis necessários.

Quando o sangue passa pelas artérias, elas se contraem para que o fluxo sanguíneo se mantenha. Aqui entra a pressão: ela é responsável por "empurrar" o sangue por todo o corpo, inclusive para os locais mais distantes de onde é produzido.

Se ocorrer aumento anormal e elevação contínua da pressão que o sangue faz pelas artérias, temos o aumento da hipertensão arterial. 

Mas, calma! Os níveis são apenas indicativos, já que é comum que a pressão tenha variações ao longo do dia. Por exemplo, em uma pessoa deitada, ela fica mais baixa. Quando nos movimentamos, o cérebro avisa ao corpo que precisa de mais energia; então os valores sobem.

Se a pressão sobe além do aceitável, alguns sintomas podem surgir, como dores no peito e na cabeça, tonturas, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada ou até sangramento nasal. 

A condição não tem cura. E sem tratamento pode levar a um acidente vascular cerebral (AVC), infarto ou aneurisma arterial, além de insuficiência renal e cardíaca. Com orientação de um médico é possível controlar com medicamentos. Mas é indispensável a adoção de estilo de vida saudável.

De acordo com a Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde, apesar de o problema ser genético em 90% dos casos, há vários outros fatores que influenciam os níveis de pressão arterial. Destaque para tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas, obesidade, estresse, sal em excesso, níveis altos de colesterol e sedentarismo. Além disso, a ocorrência da pressão alta é maior em negros, diabéticos e idosos.

Veja algumas dicas para evitar o aumento da hipertensão arterial:

. Mantenha o peso adequado para sua altura
. Opte por outros temperos ao invés de sal para realçar o sabor dos alimentos
. Pratique atividade física regularmente
. Aproveite momentos de lazer para relaxar
. Modere o consumo de álcool
. Evite alimentos ultraprocessados e inclua alimentos naturais na dieta
. Controle o diabetes

 O diagnóstico de hipertensão arterial é baseado em aferições nas idas ao médico. O controle também pode ser feito em casa pelo próprio paciente, com a orientação de um profissional.
IMPORTANTE: Além da adoção de hábitos saudáveis, há medicamentos que auxiliam o controle da pressão arterial. Mas é importante ressaltar que somente médicos devidamente habilitados podem diagnosticar doenças e indicar tratamentos. 

Mantenha o check-up em dia!


Fontes:
https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/h/hipertensao#:~:text=A%20hipertens%C3%A3o%20arterial%20ou%20press%C3%A3o,(ou%2014%20por%209).

https://bvsms.saude.gov.br/hipertensao-18/

https://www.sbn.org.br/orientacoes-e-tratamentos/doencas-comuns/hipertensao-arterial/

https://ccs2.ufpel.edu.br/wp/2022/05/17/hipertensao-arterial-doenca-silenciosa/

http://departamentos.cardiol.br/dha/ligas/

https://bvsms.saude.gov.br/26-4-dia-nacional-de-prevencao-e-combate-a-hipertensao-arterial/

https://aps.saude.gov.br/noticia/12076

28 | novembro | 2023
arrow_backward Ver mais matérias
SAC 0800 724 6522
faleconosco@biolabfarma.com.br
Fique conectado
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso site, você está ciente de tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova Política de Privacidade.