Bem-vindo(a) ao Biolab Studio! Este é um portal de conhecimento médico-científico, desenvolvido pela Biolab Farmacêutica, com um rico acervo de materiais voltados para profissionais da saúde prescritores.
Você é nosso convidado para se cadastrar e acessar os conteúdos.
Menu

Insônia tem a ver com coração?

Você sabia que a qualidade do sono desempenha papel crucial na manutenção da saúde cardiovascular? 

Segundo resultados de análises do periódico científico Clinical Cardiology, pessoas que dormem cinco horas ou menos por noite têm 69% mais chances de ter infarto do que quem dorme de 7 a 9 horas por noite.

Isso acontece porque a insônia altera o eixo neuro-hormonal, responsável por envolver o hipotálamo (região do encéfalo que produz hormônios) e as glândulas adrenal e pituitária. Elas produzem hormônios relacionados à nossa atividade diária e ao cortisol, conhecido como "hormônio do estresse". O cortisol aumentado acelera a formação de placas de gordura no interior das artérias, as quais resultam em infarto agudo do miocárdio.

Vale ressaltar que a Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica as doenças cardiovasculares como as principais causas de morte no Brasil e no mundo. Essas doenças englobam diversas condições relacionadas ao sistema cardiovascular, incluindo as enfermidades do coração, como a doença arterial coronariana, que pode levar a ataques cardíacos.

Além disso, de acordo com estudos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a incidência de doenças relacionadas ao sono, como insônia, afeta cerca de 72% da população brasileira.

Mas os números expressivos de pessoas com insônia não se limitam apenas ao Brasil. Eles se estendem mundo afora, resultando em uma nova diretriz da Associação Norte-Americana do Coração (AHA), que passou a englobar a má qualidade de sono como fator de risco para infarto do coração.

A organização também recomenda que adultos durmam entre 7 e 9 horas por noite para uma boa saúde cardiovascular, já que é durante o sono que o corpo realiza processos de reparação e regulação essenciais para a saúde do coração e dos vasos sanguíneos.

É importante frisar que a duração e a qualidade do sono são fatores igualmente importantes. Mesmo que você durma uma quantidade adequada de horas, se o sono for interrompido, fragmentado ou de má qualidade, a ponto de acordar cansado e indisposto, ainda pode haver impacto na regulação dos fatores de risco cardiovasculares. Por isso, melhorar a rotina do sono não se limita apenas em qualidade do seu descanso, mas também na prevenção dessas doenças.

A Associação Brasileira do Sono (ABS) listou orientações para ajudar a alcançar um sono de qualidade. Confira:

. Banho morno 2 ou 3 horas antes de dormir pode ser benéfico para ajudar a relaxar

. Experimente terapias de relaxamento, como respiração profunda e meditação. Elas ajudam a iniciar e a manter o sono com mais facilidade

. Evite cochilos prolongados durante o dia. Se sentir necessidade de descansar, reserve apenas 30 minutos na hora do almoço

. Reserve cerca de 15 minutos pela manhã para se concentrar nos problemas que o(a) atormentam durante à noite. Isso pode reduzir as preocupações noturnas
. Evite discussões e argumentações no início da noite

. Limite o consumo de cafeína presente no café, chás, colas, chocolates, entre outros
. Exercite-se regularmente, mas não perto da hora de dormir

. Crie rotina com um horário para se deitar e para se levantar. É um grande aliado para que o sono seja satisfatório

. Evite o uso de substâncias, como cigarro e bebidas alcoólicas

. Mantenha o quarto escuro e silencioso, torne a cama confortável, evite o uso de telas no quarto e mantenha a temperatura confortável

. Experimente ingerir chás à base de ervas como camomila, erva-doce e erva-cidreira

Cada pessoa é única. Sendo assim, é importante experimentar e descobrir quais estratégias funcionam melhor para você. Se mesmo com as mudanças de hábitos não alcançar um sono de qualidade, é necessário buscar a orientação de um profissional de saúde especializado para investigação mais aprofundada.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira o episódio do Biolab Cast onde convidamos especialistas para falar sobre a importância da qualidade do sono CLIQUE AQUI.

 

Fontes:

https://www.scielo.br/j/abc/a/WrNPmJLHngbndch678qnV7t/?lang=pt

http://files.bvs.br/upload/S/0047-2077/2014/v102n2/a4190.pdf

https://www.anad.org.br/otimo-sono-associado-a-risco-cardiovascular-74-menor/

https://www.ahajournals.org/doi/10.1161/CIRCULATIONAHA.119.041830

https://www.palmas.to.gov.br/portal/noticias/especialista-da-rede-de-saude-de-palmas-alerta-sobre-a-importancia-de-dormir-bem/31632/#:~:text=A%20Organiza%C3%A7%C3%A3o%20Mundial%20da%20Sa%C3%BAde,este%20percentual%20%C3%A9%20de%2060%25.

https://www.paho.org/pt/noticias/29-9-2021-doencas-cardiovasculares-continuam-sendo-principal-causa-morte-nas-americas

https://www.portal.cardiol.br/post/aumenta-o-n%C3%BAmero-de-mortes-por-doen%C3%A7as-cardiovasculares-no-primeiro-semestre-de-2021

https://www.heart.org/en/healthy-living/healthy-lifestyle/lifes-essential-8/lifes-essential-8-fact-sheet

27 | março | 2024
arrow_backward Ver mais matérias
SAC 0800 724 6522
faleconosco@biolabfarma.com.br
Fique conectado
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso site, você está ciente de tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa nova Política de Privacidade.